Seja bem-vindo(a)!!!

Obrigada por acessar o blog. Fique à vontade para deixar comentários.

Divirta-se!

domingo, 25 de janeiro de 2015

O cansaço nosso de cada dia

Desde que meu baby nasceu minha principal atividade tem sido cuidar dele. Quem tem criança pequena em casa sabe como é cansativo cuidar de um bebê, principalmente nos primeiros meses. Apesar de querer muito minha cama no fim do dia, o cansaço me afeta de formas diferentes. Tem dias que fico exausta e muito rabugenta.  Só penso nas coisas que não saíram como eu planejava e tenho vontade de gritar.  Tem outros dias que mesmo caindo de sono me sinto satisfeita e grata pelo dia que passou e pelos desafios vencidos.
Na verdade, percebi que isso tem muito mais a ver com minha postura do que com os fatos ocorridos no dia. É claro que é difícil manter o bom humor quando o filho teve um ataque de birra daqueles ou quando ficamos horas presos no trânsito,  mas nos perguntar: "o que eu posso fazer para mudar essa situação?" 
Tentar desviar o foco do problema também pode salvar nosso dia. 
Sair pra dar uma volta na rua, ouvir música ou ler são coisas que me ajudam a lidar com o stress. Se o tempo tiver muito escasso e os nervos a flor da pele até uma oração ajuda. O importante é fazermos algo por nós mesmos. Muitas vezes o motivo da nossa frustração é a expectativa que colocamos no outro que não nos deu atenção ou que não se comportou como esperávamos. 
A vida passa depressa e tudo muda. Por isso devemos procurar encontrar prazer nas pequenas coisas, estando sempre atentos a nossa forma de enxergar... Conversar com um amigo que não víamos há muito tempo, um café recém coado e até em um filme que gostamos sendo reprisado na TV ao invés de lamentarmos pelo tempo que ficamos afastados ou a falta de um filme inédito.  É um exercício, mas que vai ficando mais natural com a prática. 
Hoje é um daqueles dias que me sinto grata por essas pequenas coisas... Que bom!