Seja bem-vindo(a)!!!

Obrigada por acessar o blog. Fique à vontade para deixar comentários.

Divirta-se!

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Leite materno causa cárie?

Hoje fui com as crianças ao dentista. Primeira consulta da Lis. A odontopediatra fez várias perguntas relacionadas aos hábitos e costumes dela.
Perguntou se Lis continuava mamando e se mamava a noite.
Respondi que ela mamava em livre demanda, inclusive a noite e que não fazia uso de mamadeira ou chupeta.
Ela tirou do armário um livro de 1996 e começou a discorrer sobre o risco de desenvolver cárie devido ao aleitamento materno noturno.
Contra argumentei que o risco de cárie está relacionado ao uso de mamadeira e que o aleitamento materno até os 2 anos ou mais tem diversos benefícios.
Ela me perguntou se eu não tinha vontade de dormir a noite toda e me disse que amamentação durante a noite poderia interferir negativamente no crescimento (oi?), além de me recomendar o desmame noturno.
Eu sorri e respondi que é claro que eu queria dormir a noite inteira, mas mesmo Daniel que tomava mamadeira seguiu acordando durante a noite até depois dos 2 anos de idade e que não era meu desejo desmamá-la no momento. 


Pedi educadamente que ela me enviasse algum estudo recente relacionando o aleitamento materno e o surgimento de cáries e me dispus a fazer o mesmo.

Acabei de selecionar diversos artigos sobre o assunto e enviar para ela por e-mail. Ela é uma ótima profissional, tem anos de experiência e tem muito tato com as crianças. Porém, como muitos profissionais de saúde, tem pouca informação a respeito da amamentação.
Sou realmente uma pessoa argumentativa, mas não tive essa postura só pra criar caso. Recebi muitas informações equivocadas na minha primeira experiência de amamentação, o que culminou no desmame precoce e não gostaria de repetir o erro. Como ela lida com mães e bebês diariamente, achei importante fazer o papel de MÃE-CHATA-ÍNDIA-ATIVISTA e talvez estimulá-la a pesquisar e rever seus conceitos.
A recomendação atual da Organização Mundial de Saúde e da Sociedade Brasileira de Pediatria é que o aleitamento materno traz diversos benefícios para a criança e para a mãe e que deve ocorrer até 2 anos ou mais. Estudos recentes apontam a cárie como uma doença infecciosa multifatorial e não relacionam o aleitamento materno ao surgimento de cáries na infância em condições normais de saúde.
Eu sinto que aprendi e fiquei satisfeita de ter tido conhecimento para não seguir uma orientação desatualizada. Espero que ela também aproveite essa situação para crescimento. Daqui a 6 meses estaremos lá novamente.



Abaixo, o link de uma revisão de literatura sobre o tema.