Seja bem-vindo(a)!!!

Obrigada por acessar o blog. Fique à vontade para deixar comentários.

Divirta-se!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

A gente não quer só comida

Comer não é apenas apenas matar a fome. Comer é uma atividade social e muitas vezes afetiva. Somos convidados para festas e eventos onde encontramos verdadeiros banquetes esperando para serem degustados. Para alguns, comer é algo sem grande importância,  para outros, como eu,  é fonte de prazer, mas também preocupação. Meus hábitos alimentares estavam bastante desregrados e com vários casos de sobrepeso,  diabetes e hipertensão na família resolvi prestar mais atenção nesse aspecto e procurar uma nutricionista. Já havia feito dieta uma vez e tido bons resultados. 
Agora,  depois de duas gestações, meu peso estava bem acima do ideal e senti que era hora de me alimentar melhor. Sou sedentária e não tenho no momento tempo nem disposição para iniciar uma atividade física. Então o jeito é cuidar do que como. 
Tenho observado comentários e reações interessantes sobre esse processo e vou listar a seguir o que mais me chamou a atenção:




O


1 - Mudar hábitos não é fácil. É necessário disciplina e motivação. Meu objetivo não é apenas perder peso,  mas aprender a me alimentar de maneira saudável, sem excessos. 

2- Quem não está acima do peso, geralmente,  tem dificuldade de compreender como chegamos ao sobrepeso ou quão difícil é emagrecer. 
3- Muitas pessoas estão insatisfeitas com sua alimentação ou com seu peso, mas fantasiam que fazer dieta é muito mais difícil ou caro do que realmente é. 
4- Os produtos diet/light são mais caros que os outros,  mas as frutas, legumes e verduras não. Aprendemos a comer industrializados e coisas açucaradas desde cedo. Por isso acabamos recorrendo aos diet/light. Bom mesmo seria aprender a comer alimentos mais naturais, mas...
5- Aprender a comer bem é um processo. Demora,  exige persistência e dedicação. Precisamos buscar alternativas, fugir dos industrializados (o máximo possível) e ver o que se adequa a nossa realidade. Muitas vezes precisamos de ajuda profissional. Fazer dieta é muito mais do que deixar de comer determinados alimentos. Eu tenho notado uma mudança na forma de encarar a alimentação e também na balança.  Tô gostando bastante e recomendo que quem também queira ou precise mudar procure um nutricionista. 


E vamo que vamo que ainda faltam alguns kilinhos pra chegar na meta!

Nenhum comentário:

Postar um comentário